sábado, 24 de setembro de 2011

Diagnóstico


















Pouca verdade! Pouca verdade!
Tenho razão enquanto não penso...
Pouca verdade...
devagar...
Pode alguém chegar à vidraça...
Nada de emoções!...
Cautela!
Sim, se mo dessem aceitaria... Não precisas insistir,
                                                                   [aceitaria
Para quê?
Que pergunta! Aceitaria...

                                                      18/06/1930

[Fernando Pessoa, por Álvaro de Campos]

Nenhum comentário:

Postar um comentário