sexta-feira, 18 de março de 2011

Estes Discos Voadores Me Preocupam Demais















Essa gente pequenina
De viagem intergaláctica
Vem saber nossa gramática
Ou mudar nossa doutrina
Beber nossa gasolina
Que já é pouca demais
Desmantelar nossos cais
Engrenar nossos motores
Esses discos voadores
Me preocupam demais

Astronaves tripuladas
Nunca dormem, nem cochilam
Essas luzes que desfilam
Pelas altas madrugadas
Será que essas armadas
Das mansões celestiais
Vêm aqui nos trazer paz
Ou aumentar nossas dores
Esses discos voadores
Me preocupam demais

Da esfera marciana
Descem discos toda hora
Fazem pequena demora
No meio da raça humana
Talvez queiram ver a grana
Das multinacionais
Que estão botando pra trás
Os nossos trabalhadores
Esses discos voadores
Me preocupam demais

Seres de outras camadas
Voam num veloz transporte
Rússia e América do Norte
Já estão preocupadas
Será que esses camaradas
Lá das bandas siderais
Vêm torcer por generais
Ou apoiar senadores
Esses discos voadores
Me preocupam demais

Dentro da ufologia
Segundo o que eu entendo
Esses discos estão querendo
Falar de democracia
Cortar a demagogia
De quem fala e nada faz
Dos sabidões atuais
Enganando os eleitores
Esses discos voadores
Me preocupam demais

[Zé Ramalho; Composição: Oliveira de Panelas]

Nenhum comentário:

Postar um comentário