quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Encontro mágico

Eis que encontro na rua uma das moças mais lindas do mundo.
Vestida simplesmente, parecia no entanto uma princesa
Um meigo olhar, um sorriso que parecia uma aurora dentro de nós.
Não pude, não pude mais e lhe indaguei de súbito:
"Como é teu nome, minha querida?"
E ela respondeu-me simplesmente: AUSÊNCIA.


[Mario Quintana; Velório sem defunto, 1990]

Nenhum comentário:

Postar um comentário